IPVA 2018 RJ: Valor, Pagamento, Tabela 2018

IPVA 2018 RJ

Proprietários de veículos do Rio de Janeiro devem ficar atentos ao prazos de pagamento do IPVA 2018 RJ. A quitação deste tributo é obrigatório, então se você possui algum veículo, prepare-se para deixar este imposto em dia! Saiba mais sobre valores, datas de pagamento e tabela do IPVA 2018 RJ.

IPVA 2018 RJ
IPVA 2018 RJ

➜ Veja como realizar o pagamento do seu Seguro DPVAT 2018!

Valor do IPVA 2018 RJ

O IPVA é cobrado anualmente e o seu valor depende do modelo do veículo e as alíquotas do estado. Quem cobra e calcula esse imposto é a Secretaria de Estado da Fazenda.

Para saber o valor que será o seu IPVA 2018 RJ, visite o site do Detran!

Como é calculado o valor dos veículos usados?

O valor do IPVA dos veículos usados é determinado através de pesquisas realizadas na imprensa e instituições especializadas. Depois desse valor ser determinado, são aplicadas as alíquotas sobre esses valores.

Como é o cálculo de um veículo novo?

O cálculo é bem simples: em cima do valor de venda do veículo, são aplicadas as alíquotas próprias. Além disso, o número de meses no ano corresponde aos meses de propriedade do veículo.


Pagamento IPVA 2018 RJ

O pagamento do IPVA 2018 RJ pode ser feito em até 3x sem juros ou em cota única. O proprietário poderá obter a GRD ou Guia de Regularização de Débitos no site do Detran ou do Bradesco.

Como obter a guia de pagamento?

Obter a guia de pagamento é muito fácil, basta acessar o site do banco responsável pela arrecadação, neste caso o Banco Bradesco, ou dirigir-se a um totem da instituição e digitar o número do seu Renavam para obter o boleto de pagamento.

O contribuinte tem até a data do vencimento para realizar o pagamento do boleto ao banco arrecadador, desde que esse cheque seja nominal.

Em casos de atrasos nos pagamentos, serão cobrados apenas juros de mora!

Se você possui dívidas anteriores a essa, não tem problema, essas dívidas não precisam ser quitadas agora, mas se você quiser receber o CRLV, documento que comprova o licenciamento, deve quitá-las.

O vencimento do IPVA ocorre 30 dias após a aquisição do veículo. Nestes casos, o pagamento é feito também através da GRD.


Alíquotas do IPVA 2018 RJ

Os valores das alíquotas são muito importantes para determinar o valor que será cobrado no IPVA 2018 RJ. Elas são divididas da seguinte maneira:

  • 0,5% (meio por cento) aplicados para veículos utilizados exclusivamente para locação, para transporte de pessoas jurídicas com atividades que envolvam locação, desde que devidamente comprovada nos termos da legislação ou na posse de um contrato formal de arrendamento;
  • 1% (um por cento) aplicados para caminhões-tratores, caminhões, veículos que façam transporte de passageiros com a utilização de taxímetro e que pertençam a pessoas jurídicas. veículos que utilizem gás natural ou energia elétrica;
  • 2% (dois por cento) para motocicletas, ônibus, micro-ônibus, automóveis movidos a álcool e ciclomotores;
  • 3% (três por cento) para camionetas bi-combustíveis, que sejam movidas a álcool e/ou gasolina e utilitários como automóveis de passeio;
  • 4% (quatro por cento) para veículos de procedência estrangeira, automóveis de passeio (exceto utilitários), camionetas, automóveis bicombustível e todos os demais não mencionados acima.

Tabela do IPVA 2018 RJ

Confira, a seguir, a tabela do IPVA de 2017 e volte em breve para conferir a tabela atualizada.


Isenção do IPVA 2018 RJ

Alguns casos específicos serão isentos do pagamento do IPVA 2018 RJ. São eles:

  • Veículos pertencentes a entidades filantrópicas, desde que estejam devidamente registrados;
  • Veículos alugados para exercer atividade remunerada, como os táxis;
  • Veículos que foram adaptados para portadores de deficiência física;
  • Veículos utilizados por entidades oficiais (municipais, estaduais e federais);
  • Veículos que possuem mais de 15 anos de fabricação.

IPVA 2018 DF: Valor, Pagamento, Tabela 2018

Proprietários de veículos no Distrito Federal devem ficar atentos ao pagamento do IPVA 2018 DF. Esse é um tributo obrigatório que não pode deixar de ser pago, exceto em alguns casos. Quer saber mais sobre o IPVA 2018 DF? Confira as informações a seguir.

IPVA 2018 DF
IPVA 2018 DF

Quem está isento do pagamento do IPVA 2018 DF?

Alguns proprietários de veículo estão isentos do pagamento do IPVA 2018. Confira quais esses grupos a seguir:

  • Taxistas;
  • Proprietários de veículos sinistrados;
  • Pessoas portadoras de necessidades especiais;
  • Templos de qualquer crença ou culto;
  • Partidos políticos;
  • Entidades sindicais de trabalhadores;
  • Instituições de assistência social e educação (desde que sejam sem fins lucrativos);
  • Fundações mantidas pelo Poder Público.

Nessa página oficial do Governo de Brasília, você pode encontrar mais informações sobre a isenção e os requerimentos necessários para garantir a mesma.

 


Qual é o valor do IPVA 2018 DF?

O IPVA é calculado com base em dois valores:

  • O valor do veículo;
  • A alíquota (porcentagem) determinada pelo estado.

No caso do DF, as alíquotas para 2018 ainda não foram divulgadas. Porém, nos últimos dois anos, as porcentagens se mantiveram as mesmas:

  • 3,5% para carros;
  • 2,5% para motocicletas.

Para fazer o cálculo, é simples.

Suponha que você tem um carro que custa R$ 50.000,00. Você pagará 3,5% desse valor como IPVA, ou seja, R$ 1.750,00.

Assim que o Governo divulgar as alíquotas atualizadas para 2018, atualizaremos essa matéria também.


Pagamento do IPVA 2018 DF

O pagamento do IPVA 2018 DF pode ser feito pela Internet, de qualquer lugar, através da página do banco conveniado em que o contribuinte tenha conta.

Se preferir, o pagamento pode ser realizado pessoalmente em casas Lotérticas, unidades e autoatendimento de agências bancárias conveniadas ou diretamente no caixa dessas agências.

Veja quais são as instituições bancárias conveniadas:

  • Banco Cooperativo do Brasil S/A;
  • Banco do Brasil S/A;
  • Banco de Brasília S/A (BRB);
  • Banco Mercantil do Brasil S/A;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Citibank;
  • Itaú S/A.

Em 2017, o pagamento pôde ser parcelado em até 4x. Quem optou por fazer o pagamento à vista, em cota única, obteve desconto.


2º via do boleto de pagamento do IPVA 2018 DF

Assim que o boleto do IPVA 2018 DF começar a ser enviado para as residências dos contribuintes, estará disponível a emissão online através do site do Governo do DF.

Acompanhe, a seguir, como fazer a emissão:

Passo 1

Acesse ➜ essa página

Passo 2

Nos campos indicados, digite o número de Renavam, o ano de exercício e escolha o tipo de emissão e consulta. Então, clique em “Executar” e aguarde os resultados.


Tabela de vencimento do IPVA 2018 DF

A tabela de vencimento do IPVA 2018 DF (ou calendário de vencimento) mostra as datas-limite até as quais o contribuinte poderá efetuar o pagamento do imposto.

Até o momento, a tabela de 2018 ainda não foi divulgada, mas abaixo você confere a tabela de 2017 para ter uma ideia das datas.

Observe que a data de vencimento varia de acordo com o final da placa do veículo, portanto, fique atento para não pagar multas por atraso e prefira sempre fazer o pagamento à vista para ganhar desconto.

IPVA 2018 PR: Valor, Pagamento, Tabela 2018

IPVA 2018 PR

Em breve os proprietários de veículos automotores do estado do Paraná, deverão realizar o pagamento do IPVA 2018 PR. Para isto, é necessário que eles estejam cientes de todas os detalhes que envolvem este tributo. Por isso, reunimos as principais informações sobre o IPVA 2018 PR

IPVA 2018 PR
IPVA 2018 PR

Neste post iremos te ajudar a entender um pouco mais sobre o IPVA 2018 PR. Informações sobre o valor, pagamento e consulta, você poderá conferir neste artigo. Continue conosco!

➜ Veja ainda quais são os descontos oferecidos pelo IPVA 2018 SP!

IPVA 2018 PR

Os proprietários de veículos automotores de todos os estados, inclusive do Paraná, devem estar em dias com suas obrigações em relação à este e outros tributos. 

Esse imposto deve ser pago anualmente. Caso não haja quitação, o proprietário do veículo poderá sofrer sérios problemas, como por exemplo:

  • Pagamento de multas altíssimas;
  • Apreensão do automóvel;
  • Perda da sua Carteira Nacional de Habilitação – CNH;
  • A proibição temporária da circulação do veículo por todas as vias do país.

O objetivo deste imposto é trazer melhorias para as ruas e estradas de onde esses veículos circulam. Por isso que o pagamento deste imposto é obrigatório. 

Abaixo, mais informações sobre o IPVA PR


Valor IPVA 2018 PR

O valor do IPVA 2018 PR de cada veículo é calculado de acordo com a alíquota do estado mais o valor de mercado do veículo em questão. Sendo assim, o valor deste imposto não é igual para todos os contribuintes. 

Se o contribuinte pagar o valor deste imposto em dias e à vista, terá 3% de desconto sobre o valor do IPVA pago do seu veículo. 

O Detran do Paraná disponibiliza o sistema de consulta do valor. Veja como consultar:

  • Acesse o endereço➟ Clicando aqui;
  • Na página, preencha o campo RENAVAM;

  • Informe o código de segurança;
  • Clique em “Consultar”. 

Consultando, você obterá todas as informações referentes aos seus débitos com o Detran do estado. Na consulta será possível ter informações sobre o valor do seu IPVA 2018 PR e mais!


Tabela do IPVA PR 

Por meio da tabela do IPVA 2018 PR é que os proprietários dos veículos poderão se orientar melhor quanto ao prazo para a realização do pagamento. Por isso, é muito importante que estejam atentos a divulgação desta tabela, para que não fiquem sem quitar este imposto. 

Essa tabela é atualizada anualmente, passando por reajustes. E por este motivo, que até o fechamento deste post ainda não havia sido divulgada a tabela do IPVA PR.

Veja abaixo a tabela do ano de 2017 e tome como sabe!

Assim que divulgada a tabela referente ao ano de 2018, voltaremos a atualizar este post! 


Pagamento do IPVA 2018 PR

Para realizar o pagamento do IPVA 2018 PR, os contribuintes deverão emitir a guia de pagamento. As guias para pagamento estão disponíveis na “Consulta a débitos e guias para pagar o IPVA”, na página do Detran PR. 

O pagamento pode ser feito em qualquer uma das agências abaixo:

  • Banco do Brasil;
  • Bradesco;
  • Bancoob;
  • Rendimento;
  • Itaú;
  • Sicredi;
  • Casas Lotéricas.

Lembre-se: É de suma importância que o pagamento seja realizado dentro dos prazos estipulados! 


Contato Detran Paraná 

Se caso ainda houverem dúvidas em relação ao IPVA PR, você poderá se informar com o Detran do seu estado por meio dos seguintes contatos:

  • Endereço: Av. Victor Ferreira do Amaral, 2940 – Capão da Imbuia, Curitiba – PR, 82810-350;
  • Telefone: (41) 3361-1212
  • Site: www.detran.pr.gov.br

 

IPVA 2018 MG: Valor, Pagamento, Tabela 2018

IPVA 2018 MG

O IPVA deve ser pago anualmente por todos os proprietários de veículos, inclusive aqueles que moram no estado de Minas Gerais. É importante esses cidadãos fiquem cientes de tudo sobre o IPVA 2018 MG, para que não percam o prazo de quitação. Por isso, neste post reunimos os principais detalhes sobre o IPVA 2018 MG

IPVA 2018 MG
IPVA 2018 MG

Confira abaixo, completamente todas as informações sobre o IPVA 2018 MG, assim, você não sofrerá danos em relação à esse tributo. 

Veja como realizar o pagamento do seu Seguro DPVAT 2018!

IPVA 2018 MG 

Antes de tudo, você sabia que o pagamento do IPVA é obrigatório? O IPVA se trata de um tributo anual, cobrado para todos os cidadãos que possuem veículos automotores circulando pelas vias de seu estado. 

A cobrança do IPVA 2018 MG, tem como seu principal objetivo arrecadar verba para os cofres públicos, para que assim, o valor possa ser investido na melhoria das ruas e estradas de cada município. 

O não pagamento deste imposto pode causar sérios problemas para o proprietário do veículo, como por exemplo, multas, perdas de pontos na CNH e entre outros. 

Por isso, é de suma importância que os portadores de veículos automotores do Estado de Minas Gerais, fiquem atentos a todas exigências do IPVA 2018 MG. Abaixo, mais informações! 


Valor do IPVA 2018 MG 

O valor referente ao pagamento do IPVA 2018 MG é definido pelo Detran do estado, que é o órgão responsável pela fiscalização deste e de outros impostos relacionados aos veículos automotores. 

É importante lembrar que,  o valor deste tributo é diferente para cada tipo de contribuinte, pois ele é calculado de acordo com o modelo e ano do seu veículo, além da alíquota definida pela estado, neste caso, de Minas Gerais. 

Também não significa dizer, que o valor pago no ano anterior, será o mesmo valor no ano atual, pois a tabela é atualizada anualmente e assim, o valor é reajustado.

Porém, aquele que pagar o IPVA 2018 MG com antecedência, ou seja, antes ou na data de vencimento, o governo dá um desconto de 3%. Mas, o pagamento deve ser à vista. 


Tabela do IPVA MG 

A tabela do  Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), serve para estipular os prazos para que os contribuintes realizem o pagamento do imposto.

Essa tabela é liberada anualmente, e atualizada todos os anos. Porém, até o fechamento deste post ainda não havia sido divulgada a tabela referente ao IPVA 2018 MG.

Mas, trouxemos a tabela do ano de 2017 para que você possa tomar como base.

Veja:


Consulta do IPVA MG 

O Detran MG, libera para os proprietários de veículos automotores do estado uma consulta, onde os mesmos poderão analisar a sua situação com este imposto. 

É muito importante que esses cidadãos, realizem a consulta com antecedência! Confira como funciona todo o procedimento da consulta do IPVA 2018 MG:

  • Acesse o site do DETRAN MG ➟ Clicando aqui;
  • Informe o número do seu RENAVAM e placa do veículo;

  • Marque o ano de exercício;
  • Para consultar, clique em “Continuar”. 

Feito isso, uma nova página será aberta e você poderá conferir todas as informações referentes ao seu veículo! 


Pagamento do IPVA 2018 MG 

Agora que você realizou a consulta e está com a guia de pagamento em mãos, poderá realizar a quitação do seu IPVA 2018 MG

O pagamento pode ser feito em qualquer uma das agências bancárias listadas abaixo:

  • Banco do Brasil;
  • Banco Itaú;
  • Banco do Bradesco;
  • Banco Santander;
  • Casas Lotéricas.

Realize o pagamento dentro do prazo para que não sofra nenhum problema depois! 


Contato Detran MG 

Em caso de dúvidas, você poderá entrar se informar com o DETRAN MG através dos seguintes contatos:

  • Telefone: (31) 3379-5115;
  • Site: www.detran.mg.gov.br;
  • Horário de funcionamento: 07:00–19:00;
  • Endereço: Av João Pinheiro, 417 – Boa Viagem – CEP 30.130-183 – Belo Horizonte – MG.

IPVA 2018 PE: Valor, Pagamento, Tabela 2018

IPVA 2018 PE

Todo o início de ano os proprietários de veículos automotores do estado de Pernambuco, se preparam para pagar o IPVA 2018 PE, que inclusive, é obrigatório para todos aqueles que possuírem algum veículo automotor. Para que você se mantenha informado em relação ao IPVA 2018 PE, neste post reunimos as principais informações que envolvem este tributo. 

IPVA 2018 PE
IPVA 2018 PE

➜ Veja ainda como realizar a consulta do seu IPVA 2018!

IPVA 2018 PE 

O imposto sobre a Propriedade de veículos automotores, mais conhecido como IPVA, é um imposto que visa a arrecadação de verbas e fiscalizar os veículos que circulam na cidade, independente do modelo. 

Em caso do não pagamento, os proprietários de veículos estão sujeitos à diversos danos, como por exemplo a multas, ou até mesmo perdas de pontos na CNH. 

Porém, há aquelas pessoas que estão isentas ao pagamento do IPVA 2018 PE. Veja quais são as situações isentas:

  • Veículos terrestres fabricados há mais de 20 anos;
  • Taxistas;
  • Veículos adaptados para deficientes físicos;
  • Veículos de sindicatos de trabalhadores, consulados, entidades assistenciais e igrejas;
  • Máquinas agrícolas;
  • Ônibus de transporte urbano;
  • Aeronaves e embarcações fabricados há mais de 30 anos.

Qual o valor do IPVA 2018 PE? 

O Dentran do estado de Pernambuco é o órgão responsável por estipular a alíquota do IPVA 2018 PE.

Ao contrário do que muitos pensam, o valor deste tributo é diferente para cada tipo de contribuinte, pois ele é calculado de acordo com o modelo e ano do veículo em questão. 

É importante lembrar que, o valor pago no ano anterior não será o mesmo valor pago no ano vigente, neste caso de 2018, pois a tabela é atualizada anualmente e assim, o valor é reajustado. 

Porém, caso você pague com antecedência e à vista, terá 3% de desconto no valor total do IPVA do seu veículo. O boleto recebido já vem com o valor ajustado para pagamento à vista com desconto. 


Tabela do IPVA 2018 PE 

A tabela do IPVA 2018 PE serve para estipular os prazos para que os contribuintes fiquem quites com as suas obrigações em relação a este imposto. Essa tabela é atualizada anualmente, e assim divulgada. 

Até o fechamento deste post não havia sido divulgada a tabela referente ao ano de 2018. Assim que divulgada voltaremos a atualizar este post!

Mas, para que você tome como base trouxemos a tabela do ano de 2017:


Consulta do IPVA 2018 PE 

O Detran do estado de Pernambuco, disponibiliza aos proprietários de veículos automotores uma consulta, onde os mesmo poderão ficar cientes da sua situação referente ao IPVA 2018 PE

Para realizar está consulta, o contribuinte deverá seguir o passo a passo abaixo:

  • Acesse o site oficial do Detran PE ➟Clicando aqui;
  • Feito isso, informe o número do Renavam;
  • Clique em “Consultar”;
  • Neste página você terá acesso a todas as informações referentes a sua situação com este imposto. 

Pagamento do IPVA PE

Por meio da consulta você deverá emitir a guia de pagamentos, pois, somente com ela é que poderá ser realizada a quitação.

O pagamento do IPVA 2018 PE poderá ser feito em qualquer uma das agências citadas abaixo.

Veja:

  • Banco do Brasil;
  • Banco Itaú;
  • Banco do Bradesco;
  • Banco Santander;
  • Casas Lotéricas.

É importante que o pagamento seja feito dentro dos prazos estipulados pelo Detran do seu estado, para que não haja nenhum problema. 


Contato Detran PE 

Se caso ainda houverem dúvidas, você poderá se informar com o Detran PE por meio dos seguintes contatos:

  • Endereço: Av. Gov. Agamenon Magalhães, 153 – 142/143 – Santo Amaro, Recife – PE, 50110-000
  • Telefone: (81) 3184-8816
  • Sitewww.detran.pe.gov.br

IPVA 2018 SP: Valor, Pagamento, Tabela 2018

IPVA 2018 SP

Você sabia que o pagamento do IPVA 2018 SP é obrigatório? Onde caso não seja quitado, o proprietário do veículo poderá sofrer diversos problemas! Para que isto não aconteça com você, confira nosso post, pois reunimos todas as informações relacionadas ao IPVA 2018 SP. Para conferir, basta apenas continuar conosco! 

IPVA 2018 SP
IPVA 2018 SP

➜ Veja ainda como realizar a consulta do seu IPVA 2018!

IPVA 2018 SP 

O Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores, que tem como sigla IPVA, é o tributo pago anualmente pelos proprietários de veículos automotores de todo os estados, inclusive, do estado de São Paulo. 

O valor do pagamento do IPVA 2018 SP vai diretamente para os cofres públicos do estado. Metade do valor vai para o governo estadual e a outra metade fica para o município onde o veículo foi emplacado. 

O objetivo principal deste imposto é fazer melhorias nas ruas e estradas onde esses veículos rodam. 

Não pagar este tributo, pode resultar em uma série de consequências negativas para o proprietário do veículo, como por exemplo:

  • Pagamento de multas altíssimas;
  • Apreensão do automóvel;
  • Perda da sua Carteira Nacional de Habilitação – CNH;
  • A proibição temporária da circulação do veículo por todas as vias do país.

Abaixo, mais informações sobre o IPVA 2018 SP!


Qual o valor do IPVA 2018 SP?

O valor do IPVA 2018 SP é alterado todos os anos. O mesmo, varia de acordo com cada veículo, não sendo igual para todos os proprietários de veículos do estado de São Paulo.

O IPVA é calculado de acordo com o valor do veículo em questão e alíquota estabelecida pelo próprio estado.

Geralmente, os valores costumam ser de 1 a 6% do valor total do veículo.

Porém, há uma boa notícia em cima disso tudo. Aquele que pagar o IPVA 2018 SP à vista e com antecedência, tem direito de até 3% de desconto no valor pago. O boleto recebido já vem com o valor ajustado para pagamento à vista com desconto. 


Tabela do IPVA 2018 SP

A tabela do IPVA sofre alterações anualmente. A mesma tem como seu principal objetivo, estabelecer a data do prazo de pagamento. 

No entanto, até o fechamento deste post ainda não havia sido divulgada a tabela do IPVA 2018 SP. Mas, para que você tome como base, trouxemos a tabela do ano de 2017.

Confira:



Como consultar o IPVA SP?

Por meio da consulta do IPVA 2018 SP, você fica ciente da sua situação referente a este imposto.

A consulta é realizada unicamente pela internet, através do site Detran.sp. Veja como funciona todo o processo:

  • Acesse o site do DETRAN SP ➟ Clicando aqui;
  • Em seguida, informe o RENAVAM e placa do veículo;

  • Feito isso, informe os caracteres de segurança;
  • Para ter acesso as informações, clique em “Consultar”. 

Pagamento do IPVA 2018 SP 

Feita a consulta, o próximo passo a se fazer é realizar o pagamento para a quitação do IPVA SP.

Esse pagamento poderá ser feito em qualquer uma das agências mencionadas a seguir:

  • Banco do Brasil;
  • Banco Itaú;
  • Banco do Bradesco;
  • Banco Santander;
  • Casas Lotéricas.

É muito impostante que esse pagamento seja realizado dentro do prazo estipulado pelo Detran SP.


DETRAN SP 

O DETRAN SP, é o responsável pela fiscalização dos veículos automotores do estado. Portanto, em caso de dúvidas relacionadas ao IPVA SP, você poderá se informar com este órgão por meio dos seguintes contatos:

  • Telefone: (11) 3322-3333;
  • Site: www.detran.sp.gov.br;
  • Horário de funcionamento: 07:00–19:00;
  • Endereço: Shopping Leste Aricanduva – Avenida Aricanduva, 5555 – Aricanduva, São Paulo – SP, 03930-110.

IRPJ 2018: Imposto de Renda Pessoa Jurídica 2018

IRPJ 2018

Não é só a pessoa física que tem obrigação de declarar o imposto de renda. Pessoas jurídicas também tem e nestes casos é chamado de IRPJ 2018. A declaração do IRPJ 2018 ainda gera muitas dúvidas, por isso, neste artigo de hoje você vai conhecer todas as informações sobre esse tributo e como fazer a sua declaração!

IRPJ 2018
IRPJ 2018

O IRPJ ou Imposto de Renda de Pessoa Jurídica é um tributo recolhido pelo Governo Federal e que pode ser declarado de forma anual ou trimestral. Geralmente, essa declaração é feita nos meses de março, junho, setembro e dezembro.

É importante ficar atento aos prazos de declaração para que não sofra nenhum tipo de punição do Governo.

Veja ainda as regras para fazer a declaração do Imposto de Renda 2018!

Quem declara o IRPJ 2018?

Esse imposto é destinado apenas para pessoas jurídicas que possuem um CNPJ, mas há exceções. Existem algumas situações em que as instituições que possuem CNPJ podem recorrer a outras formas de contribuição.

É o caso das pequenas e microempresas, que podem optar em contribuir com tributos que possuam menor taxa tributária, como o Simples Nacional.

Modelos de tributação

Todas as instituições que se tornam obrigadas a contribuir com o IRPJ 2018 são classificadas de acordo com o seu porte, pertencendo assim a um modelo tributário. Conheça quais são eles:

  • Lucro real: Modelo tributário para empresas que possuem uma receita bruta com valor acima de R$ 48 milhões ao ano;
  • Lucro arbitrário: Aplicação feita pelo fisco em forma de punição às empresas que não conseguiram manter seus controles contábeis em dia;
  • Lucro presumido: Empresas que faturam um valor de até R$ 48 milhões ao ano;
  • Lucro simples: Modelo tributário para empresas com faturamento de até R$ 3,6 milhões ao ano.

O modelo de tributação mais utilizado no país pelas empresas de grande porte é o Lucro Real.


Como fazer a declaração do IRPJ 2018?

A Receita Federal é a responsável também pelo recolhimento do IRPJ 2018 e é ela quem disponibiliza o programa que deve ser utilizado para fazer a declaração.

Por ser um pouco mais complicada essa declaração do IRPJ, muitas empresas optam por deixar essa tarefa com os profissionais da área contábil. Por isso, é recomendável que você converse com o seu contador para saber mais detalhes sobre esse tributo.

A declaração do IRPJ pode ser feita anualmente ou trimestralmente, geralmente nas datas de 31/03, 30/06, 30/09 e 31/12.

Para saber mais informações sobre essa declaração, basta visitar o site da Receita Federal e seguir todas as orientações.

É muito importante prestar bastante atenção a todas as informações preenchidas, pois erros não poderão ser corrigidos.


Alíquotas do IRPJ 2018

As alíquotas que estão em vigor desde 1996 são as seguintes:

  • 15% sobre o lucro presumido, real ou arbitrado que foi apurado pelas pessoas jurídicas em geral;
  • 6% sobre o lucro inflacionário acumulado até a data de 31/12/1987, pelas empresas concessionárias atuantes em serviços públicos em geral, com energia elétrica, empresas de saneamento básico, telecomunicações, empresas que exploram atividades com transporte coletivo de passageiros concedidas e autorizadas pelo poder público.

Declaração ITR 2018: Como Declarar o ITR 2018, Prazos

Declaração ITR 2018

Proprietários de imóveis rurais precisam ficar atentos a todas as informações sobre a declaração ITR 2018. Essa declaração deve ser enviada a Receita Federal todos os anos pelos proprietários físicos ou jurídicos de imóveis localizados em áreas rurais. Saiba mais sobre a declaração ITR 2018.

Declaração ITR 2018
Declaração ITR 2018

A Declaração do Imposto Sobre Propriedade Territorial Rural deve ser feita por todos os proprietários de imóveis localizados em territórios rurais. Neste artigo de hoje, você vai saber como fazer essa declaração e quem precisa declarar.

Veja ainda as regras para fazer a declaração do Imposto de Renda 2018!

Quem deve fazer a Declaração ITR 2018?

Abaixo você confere quem deve fazer a declaração ITR 2018 obrigatoriamente. Confira se você está nessa lista:

  • Pessoa física ou jurídica que seja possuidora ou usufrua de alguma propriedade em território rural;
  • Um dos condôminos quando a propriedade pertencer a mais de um proprietário, seja por decisão judicial ou por doação;
  • Um dos co-possuidores quando a propriedade tiver mais de um dono.

Pagamento do ITR

O vencimento da cota única desse imposto é feito até setembro. Se for realizado o pagamento à vista, não será cobrada nenhum acréscimo. Para demais cotas ocorre o acréscimo de juros Selic.

Veja ainda as regras para fazer a declaração do IRPF 2018!

O pagamento desse imposto pode ser feito em 4 parcelas iguais, desde cata cota não tenha o valor inferior a R$ 50,00.

Impostos com valor até R$ 100,00 deverão ser cobrados em cota única!


Como fazer a Declaração ITR 2018

Os passos a seguir vão te ajudar a fazer a Declaração ITR 2018. Confira:

Passo 1

Neste primeiro passo você deverá visitar o site da Receita Federal clicando aqui;

Passo 2

Clique na opção do ano que deseja fazer a declaração. A declaração para o ano de 2018 ainda não está disponível, mas em breve as informações serão divulgadas e você poderá fazê-la;

Passo 3

Assim que você clicar na opção do ano em que deseja declarar, abrirá uma tela com a opção para você baixar o Programa Gerador da Declaração. Clique para baixar este programa;

Passo 4

Depois de instalado, abra-o e clique na opção “Criar nova declaração”. Se já tiver o arquivo da sua declaração do ano anterior, clique na opção “Importar dados ITR”;

Passo 5

Digite corretamente o número do seu imóvel rural (NIRF) e clique em OK;

Passo 6

Marque a opção “Declaração original” e preencha os dados do imóvel;

Passo 7

Clique na ficha de contribuinte e preencha todos os campos corretamente. Em caso de condomínios é necessário informar o percentual da participação do declarante na área do imóvel;

Passo 8

Se depois da declaração do ano de 2017 você adquiriu ou vendeu mais propriedades, então basta clicar na ficha “Aquisição/alienação”;

Passo 9

Preencha todas as informações e clique em “OK” para cada aquisição ou venda;

Passo 10

Clique na opção “Utilização do imóvel” e informe as áreas utilizadas em cada atividade rural. O próprio programa calcula o grau de utilização;

Passo 11

Clique na opção de ficha “Cálculo do imposto” e preencha os campos de 1 a 3 com os respectivos valores;

Passo 12

Lembre-se que é necessário preencher corretamente as fichas de “Atividade pecuária” e “Atividade extrativa”;

Passo 13

Antes de finalizar a sua declaração, clique na opção “Verificar pendências”. Nesta hora, o programa verifica todos os erros na declaração para serem corrigidos;

Passo 14

Para finalizar, clique na opção “Entregar declaração”.


Prazos para fazer a Declaração ITR 2018

O prazo para fazer a declaração ITR 2018 deverá ser igual ao prazo de 2017, que foi até o último dia útil de setembro!

Lembre-se de guardar todos os comprovantes de declaração, pois eles serão necessários por no mínimo 5 anos.

IRPF 2018: Declaração, Restituição

IRPF 2018

Todos os anos, os cidadãos brasileiros já estão acostumados com a quantidade de imposto que são obrigados a pagar. O IRPF 2018 é um dos mais importantes impostos que devem ser pagos. No artigo de hoje você vai saber todas as informações sobre o IRPF 2018. Fique atento para não perder os prazos!

IRPF 2018
IRPF 2018

O cidadão brasileiro, em geral, tem o hábito de deixar as coisas para fazer na última hora. Uma dica que nós damos é para você fazer exatamente ao contrário disso: não deixe para última hora a sua declaração do imposto de renda 2018!

Você pode ter inúmeros imprevistos que dificultam o seu processo de declaração como o congestionamento no sistema, dúvidas que te impedem de declarar.

Essas podem ser apenas um dos empecilhos causados, portanto, seja esperto e não deixe para última hora, continue acompanhando nossas informações!

Quem precisa declarar o IRPF 2018?

A declaração do IRPF 2018 não deverá ser feita por todos os cidadãos, apenas os que receberem uma quantia significativa de salário é que se tornam obrigados a fazerem esta declaração.

Existem alguns requisitos exigidos pela Receita Federal que faz com que alguns se tornem obrigados a declarar.

Veja abaixo quem deve declarar esse imposto obrigatoriamente:

  • Pessoas declaradas como físicas que receberam no ano base anterior, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.123,91;
  • Pessoas com rendimentos considerados isentos não tributáveis e que a soma chegue a R$ 40.000,00 no ano base anterior;
  • Cidadãos que adquiriram posses na transferência de bens ou direitos, ou que efetuaram operações em bolsas estrangeiras ou semelhantes;
  • Trabalhadores rurais que arrecadaram no ano anterior o valor de R$ 140.619,55.


Alíquota do IRPF 2018

As alíquotas que estarão vigentes em 2018 provavelmente serão as mesmas que estão sendo utilizadas desde 2015. Confira na tabela abaixo:

Se houver atualização dessas informações, nós atualizaremos essa matéria também. Fique de olho!


Restituição do IRPF 2018

O cidadão que porventura tenha pago a mais do que deveria de IRPF 2018, receberá o reembolso desse valor.

Esse reembolso é pago pela Receita Federal, você pode consultar a sua restituição pela internet, veja como é simples:

Passo 1

Visite esse site;

Passo 2

Clique na opção “Consulta”;

Passo 3

Preencha corretamente os seus dados de CPF, data de nascimento, digite os caracteres correspondentes da imagem e clique em “Consultar”.


Novidades na declaração do IRPF 2018

Algumas novidades foram divulgadas pela Receita Federal para quem vai fazer a declaração do imposto de renda, confira quais são elas:

  • Atualização automática: Agora para atualizar o aplicativo do PGD IRPF, não precisa mais fazer o download no site da Receita Federal, a atualização é feita de forma automática;
  • Recuperação de nomes: O sistema permite o armazenamento dos nomes para facilitar o preenchimento dos dados no futuro;
  • Rendimentos sujeitos à tributação exclusiva/definitiva: Agora existem as abas “Rendimentos” e “Totais”, elas foram criadas para facilitar o preenchimento da ficha;
  • Entrega sem necessidade de instalação do Receitanet: O PGD IRPF 2017 incorporou o programa Receitanet, não havendo mais a necessidade de instalação separada;
  • Rendimentos isentos e não tributáveis: A ficha de preenchimento foi remodelada e agora é possível utilizar as abas “Rendimentos”;
  • Solicitação de celular e e-mail: Este tipo de solicitação tem como objetivo a ampliação das informações de cadastro de pessoa física.

Declaração do IRPF 2018

Acompanhe o passo a passo a seguir para fazer a sua declaração de IRPF 2018. Veja:

Passo 1

Neste primeiro passo você deverá separar alguns documentos importantes, como comprovante de compra e despesas de algum bem que por ventura tenha adquirido;

Passo 2

Visite o site oficial da Receita Federal e baixe o programa Gerador de Declaração;

Passo 3

Preencha todas as informações que forem solicitadas e escolha o modelo da sua declaração que poderá ser simplificada ou completa;

Passo 4

Envie a sua declaração finalizada.

Extrato FGTS: Consulte seu Saldo FGTS

Você sabia que o extrato FGTS pode ser consultado pela internet? Nele você fica sabendo informações importantes como o saldo e todos os depósitos realizados. O FGTS é um direito de todo trabalhador contratado pelo regime CLT. Saiba tudo sobre esse benefício e como realizar a consulta do extrato FGTS!

Extrato FGTS
Extrato FGTS

O FGTS ou Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é um direito de todo trabalhador que foi contratado pela empresa sob o regime da CLT. A empresa deve depositar na conta do funcionário, todo mês, uma quantia de dinheiro.

Na prática, esse dinheiro depositado todo mês serve como garantia para aquele trabalhador que foi demitido sem justa causa. É como se fosse uma garantia que ele vai receber para não passar necessidade financeira.

Antigamente, para consultar o saldo e extrato do FGTS, você tinha que comparecer pessoalmente até uma agência. Isso era um transtorno para quem não tinha tempo.

Graças à internet, isso já não é mais preciso. Você pode consultar o saldo e extrato de onde quiser, basta ter um computador ou qualquer outro dispositivo conectado à internet.

➜ Saiba também como realizar o pagamento on-line do seu IPTU 2018!

Quem tem direito ao FGTS?

Qualquer trabalhador que tenha trabalhado em uma empresa sob o regime da CLT a partir de 1988 tem direito ao recebimento do FGTS. Antes dessa data, a opção deste benefício era facultativa.

É importante ressaltar que o depósito feito pelo empregador todo mês na conta do funcionário não pode ser descontado do salário de jeito nenhum. Se isso acontecer o empregador estará sujeito a punição de acordo com a lei.

No extrato FGTS você poderá consultar todas as informações sobre o seu benefício e se esses depósitos estão sendo efetuados de forma correta.

Veja quem também tem direito ao FGTS:

  • Empregado doméstico;
  • Trabalhadores temporários;
  • Trabalhadores safreiros que trabalham apenas no período da colheita;
  • Trabalhadores avulsos;
  • Atletas profissionais;
  • Diretores que não estejam empregados entram na categoria de trabalhadores sujeitos ao regime CLT.


Como consultar o meu Extrato FGTS?

A internet surgiu para facilitar a vida de muitas pessoas. Diversos órgãos do Governo disponibilizam alguns serviços burocráticos simples pela internet, sem precisar comparecer pessoalmente para resolver.

Um exemplo disso é a consulta do Extrato FGTS. Antigamente você tinha que se deslocar até uma agência para saber sobre o seu saldo, hoje em dia isso já não é mais necessário, basta ter um computador com conexão à internet e pronto, em segundos você fica sabendo tudo sobre o seu FGTS.

Veja como fazer essa consulta:

Passo 1

Você deverá visitar essa página;

Passo 2

Informe com atenção o número do seu NIS (PIS/PASEP) e a sua senha. Caso não possua uma, será preciso cadastrá-la;

Passo 3

Para cadastrar uma senha, clique na opção “Cadastrar senha”, leia todas as informações e clique em “aceito” se estiver de acordo;

Passo 4

Preencha todas as informações que forem pedidas;

Passo 5

Depois que você entrar no sistema, você poderá escolher o tipo de extrato que deseja consultar como extrato simples, extrato completo ou extrato por e-mail.

Faça a sua escolha clicando na opção desejada e confira seu extrato FGTS com facilidade e segurança!